E a lactose?

Hey Sweety!!

O leite e seus derivados são alimentos de grande importância, pois são excelentes fontes de cálcio e proteína. Mesmo assim, o leite foi excluído de grande parte das dietas, principalmente para perda de peso. Mas é mesmo necessário excluí-lo da dieta para conseguir bons resultados? Hoje vamos esclarecer isso.

O leite é composto por vitaminas, minerais, gorduras, proteínas e açúcar. O açúcar presente naturalmente no leite é a lactose, que pode sim causar intolerância a boa parte dos indivíduos adultos, nesses casos sim, ela deve ser excluída para diminuição dos sintomas apresentados.

O início da alimentação de todos nós é o leite (seja materno ou fórmula láctea), o que normalmente nos torna aptos desde o nascimento a digerir adequadamente a lactose. A digestão da lactose é feita por uma enzima chamada lactase, que quebra a lactose em glicose, que assim pode ser absorvida no intestino e ser usada como fonte de energia para nossas atividades diárias e para o funcionamento do nosso organismo.

Quando crescemos a enzima lactase diminui e em alguns casos pode até deixar de ser produzida pelo nosso organismo, o que torna a digestão da lactose lenta ou inexistente e isso é a intolerância a lactose. Quem tem intolerância à lactose apresenta principalmente sintomas gastrointestinais, como diarreia, distensão e dores abdominais e aumento na produção de gases. A intensidade dos sintomas da intolerância depende de quanto o individuo ainda consegue digerir lactose.

Para diminuir os sintomas é necessário diminuir o consumo da lactose, ou seja, reduzir o consumo de leite e derivados. Porém, como já dissemos no início, o leite é um alimento muito importante, que deve ser consumido diariamente por ser uma boa fonte de cálcio e proteínas. Nesses casos, o ideal é preferir versões sem lactose ou consumir a enzima lactase. O consumo da enzima deve ser quantificado e indicado pelo seu médico, para uma recomendação adequada a sua necessidade.

Quem faz restrição de lactose na intenção de emagrecer, obtém resultados satisfatórios principalmente na diminuição do abdome, pois há redução dos sintomas a intolerância a lactose, mesmo que seja uma intolerância mais leve.

Independente de apresentar ou não intolerância a lactose, qualquer individuo adulto não precisa mais da gordura do leite. Então sempre prefira leite e seus derivados nas versões desnatadas, isso faz uma grande diferença para manter uma alimentação saudável e balanceada e garante a ingestão de cálcio e proteínas presentes no leite, além de fazer uma importante restrição calórica deixando de consumir uma gordura que não é necessária ao seu organismo.

Um beijo, e até amanhã!

Deixe uma resposta