Alimentos termogênicos

Hey Sweety!!

Fazer dieta ultimamente, com tanta informação a disposição com facilidade, é muito mais complicado, já que sempre existe alguma novidade para fazer ainda mais confusão. Se já fez alguma busca relacionada a perda de peso, já deve ter se deparado com uma lista de alimentos “milagrosos” chamados de termogênicos. Hoje vamos definir o que são esses alimentos.

Alimentos termogênicos são alimentos que aumentam o gasto calórico, auxiliando no processo de emagrecimento. Isso ocorre devido a substâncias contidas nesses alimentos que aumentam a temperatura corporal, o que acelera o metabolismo e favorece a queima de gorduras, um grande aliado para a perda de peso. Lembrando que todo alimento já demanda um gasto energético para ser digerido, mas alguns alimentos demandam mais energia no seu processo digestivo, o que ocorre com os termogênicos.

Vale lembrar que, apesar de apresentarem esse beneficio incrível, não adianta nada apenas incluir muitos alimentos termogênicos na dieta e esperar um milagre acontecer. Para resultados efetivos e emagrecimento saudável é necessária mudança no estilo de vida, o que depende fundamentalmente de uma reeducação alimentar, sempre orientada por nutricionista.

Além de promover a queima de gorduras, os alimentos termogênicos, melhoram a circulação, auxiliam na digestão e na eliminação de gases. Como são estimulantes, o consumo excessivo pode causar insônia, tontura, dor de cabeça e desconfortos no trato gastrointestinal. E como qualquer substância que cause alguma reação no organismo, seu consumo sempre deve ser orientado por nutricionista, principalmente para evitar o consumo exagerado e evitar o consumo nos casos de contra indicação (pacientes com insônia, dores de cabeça, doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, hipertireodismo, gestantes e crianças, devem evitar o consumo de alimentos termogênicos).

E quais são os alimentos termogênicos:

– Pimenta vermelha

– Chá verde

– Chá de hibisco

– Gengibre

– Canela

– Fontes de Omega 3 (peixes como salmão e atum, além de oleaginosas – nozes, linhaça)

– Café e outras fontes de cafeína

– Vinagre de maçã

Lembrando que não é necessário (e nem saudável) consumir toda essa lista de alimentos de uma vez e nem todos ao longo de um mesmo dia. Por isso é tão importante a orientação individualizada de uma nutricionista, para introduzir adequadamente esses alimentos a sua rotina alimentar, sem que haja prejuízos a sua saúde!

Um beijo, e até amanhã!

Deixe uma resposta